17 de julio de 2020
2 min leitura

Radar da Construção: Parceria entre Obras Online e Fundação Getúlio Vargas

A parceria foi anunciada em primeira mão, na última quinta-feira, (02/07), em primeira mão no evento de nosso apoiador de mídia Conexões Live do C3 – Clube da Construção, o Radar da Construção Obras Online – FGV_IBRE. Rodolfo Zagallo, presidente do Clube e responsável pela abertura do evento, disse que os leitores contarão com informações precisas e relevantes, que irão auxiliar investidores, fabricantes e prestadores de serviços do setor em suas decisões, a partir de uma análise preditiva e avaliação do potencial de mercado.

A cada trimestre será divulgado uma prévia do setor, com dados do ambiente macroeconômico e o mapeamento detalhado das oportunidades por regiões geoeconômicas e por estados. Farão parte desse conjunto de informações a finalidade de uso e quantidade de empreendimentos mapeados por área total em estudo de viabilidade econômica/ Técnica/Ambiental ou em construção, bem como valores de investimentos em andamento e previstos, nos quatro grandes segmentos de mercado da construção Residencial, Comercial, Industrial e Infraestrutura.

O objetivo principal da parceria é somar forças para reunir conhecimentos sobre o contexto histórico, presente e futuro. A Fundação Getúlio Vargas, no mercado a mais de 70 anos, como um dos principais órgãos de referencia para o cálculos de índices econômicos em nosso país, tem por objetivo dizer, com base em sua vasta e rica biblioteca histórica, como chegamos até aqui e a Obras Online, com 20 anos de experiencia no mapeamento de informações de viabilidade, projetos e obras em construção, como seguiremos daqui em diante.

É certo afirmar que, atualmente, a maioria dos grandes investidores levam em conta essas informações ao investir. São números importantes para validar premissas de uma análise fundamentalista, que direcionará investidores e empresários, ao redor do mundo, para o melhor entendimento sobre o passado, presente e futuro, indicadores que tendem a beneficiar as empresas do setor.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *